Os megaescritórios: conheça a sede do Facebook

Fonte: ÉPOCA

A versão física da rede social também está fincada na cultura da integração e crescimento contínuo
Em setembro do ano passado, o Facebook apresentou o MPK21, o novo prédio de expansão da sede em Menlo Park, no Vale do Silício californiano (Foto: Getty image)Em setembro do ano passado, o Facebook apresentou o MPK21, o novo prédio de expansão da sede em Menlo Park, no Vale do Silício californiano (Foto: Getty image)

Um dos grandes desafios das empresas que desejam mão de obra qualificada gira em torno de como fornecer as melhores condições para seus funcionários sem perder a produtividade. As gigantes da tecnologia já perceberam que estruturas compactas e claustrofóbicas não significam ganho de foco. Elas refletem em suas sedes não apenas a constante busca pela inovação, mas também um design que favoreça interação entre as pessoas, válvulas de escape rumo à natureza e acomodações ambientais, porém moldáveis para a função de cada setor. O escritório do futuro é verde, comunitário e equilibrado. Conheça também a sede da Apple, Amazon e Google.

Em setembro do ano passado, o Facebook apresentou o MPK21, o novo prédio de expansão da sede em Menlo Park, no Vale do Silício californiano (Foto: Getty image)(Foto: Getty image)

Assim como a sua contraparte virtual, a versão física do Facebook está fincada na cultura da integração e crescimento contínuo. Em setembro do ano passado, a empresa de Mark Zuckerberg apresentou o MPK21, o novo prédio de expansão da sede em Menlo Park, no Vale do Silício californiano, que mergulha mais fundo na ideia de uma presença gigante trabalhando ao lado da comunidade local. Pelo menos é a ideia do veterano arquiteto Frank Gehry, que já havia desenhado o primeiro prédio do Facebook, em 2015. “Tudo que aprendemos no prédio anterior nos preparou para o MPK21. Estamos aprendendo sobre a cultura do Facebook e fazendo um novo tipo de arquitetura dentro dessa cultura. Não estamos dando as costas para nossa vizinhança”, explica Gehry, no vídeo de apresentação oficial.

A nova construção foi erguida em cerca de 18 meses e com custos em torno de US$ 300 milhões. A grande atração é o jardim suspenso sobre o teto da empresa, com 90 mil metros quadrados e cerca de 200 árvores, entrecortado por trilhas para os funcionários. No centro, há um espaço verde coberto para os times colaborarem em projetos e um anfiteatro com 2 mil lugares que liga os prédios e os cinco restaurantes do local. “O edifício foi desenhado para promover o trabalho em equipe”, escreveu John Tenanes, vice-presidente de Instalações Globais e Imóveis do Facebook, à época do lançamento.

+ Entenda o poder de um ambiente de trabalho para contribuir com o sucesso ou o fracasso de uma organização

+ A evolução dos escritórios ao longo da história

+ Quais são os elementos do escritório ideal

Recebendo fortes críticas por seus algoritmos e políticas de marketing, o Facebook tenta manter a imagem junto à comunidade local, garantindo que a sede não sai de Menlo Park no “futuro próximo”. Assim, o que era um parque industrial não apenas virou prédios ecologicamente exemplares (painéis solares, sistema de reciclagem de água que economizará cerca de 80 milhões de litros de água por ano), mas também abrigará um parque público com espaço para festivais, uma ciclovia suspensa e feiras de comerciantes da região.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s