FMI elogia agenda de reformas de Bolsonaro

Fonte: Yahoo

Jair Bolsonaro antes de seu discurso no Fórum Econômico Mundial, em Davos, no dia 22 de janeiro de 2019

O Fundo Monetário Internacional (FMI) elogiou nesta sexta-feira (25) a agenda de reformas proposta pelo governo de Jair Bolsonaro no Brasil – sobretudo a da Previdência Social.

“Parabenizamos a agenda que o governo de Bolsonaro lançou na frente econômica, com reformas significativas para fortalecer as finanças públicas, sendo a reforma da Previdência Social a mais importante”, disse em coletiva de imprensa o economista Alejandro Werner, diretor do Hemisfério Ocidental do FMI.

O projeto de reforma do governo, que prevê migrar para um regime de capitalização, ou cotações individuais, deve ser debatido no Congresso Nacional – que inicia o mandato em 1 de fevereiro.

O FMI antecipa um crescimento de 2,5% para o Brasil em 2019 e de 2,2% em 2020.

A instituição também elogiou a aceleração do processo de abertura da economia do Brasil e seu possível impacto na taxa de investimento em relação ao Produto Interno Bruto (PIB).

Contudo, a entidade alertou que a “incerteza política em algumas das maiores economias da região afetam suas perspectivas”.

“No Brasil, a fragmentação do Congresso pode criar obstáculos para a execução do ambicioso programa de reforma estrutural, consolidação fiscal e reforma da previdência”, afirmou o FMI.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s