Designer cria moedas de R$ 0,25 e destaca pontos turísticos de cada estado

Fonte: UOL

Todos os anos, os Estados Unidos lançam versões comemorativas que homenageiam seus 50 estados. Pensando nisso, o designer e numismata catarinense Fagner Máximo, 33, criou em 2012 um projeto semelhante. Fagner imaginou um novo layout para a moeda de 25 centavos, em formato de decágono (polígono de dez lados), no qual homenageia os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

“A ideia surgiu quando vi a série americana de 25 centavos, que valoriza a cultura local”, disse Fagner, que conversou comigo por telefone. Para o numismata, o Brasil deveria lançar mais moedas comemorativas, como as que foram produzidas durante as Olimpíadas e que fizeram muito sucesso. “Os brasileiros teriam a oportunidade de conhecer melhor o Brasil por meio de suas moedas e despertar o interesse na cultura e história de cada estado, além de também despertar o interesse no colecionismo”, contou.

Leia também:

Para Fagner, motivos para moedas comemorativas não faltam. Até 2022, por exemplo, ele cita alguns fatos que mereceriam ser retratados em nossas moedas, como os 50 anos do milésimo gol de Pelé (2019), os 100 anos da morte da Princesa Isabel (2021), os 50 anos da conquista da taça Jules Rimet (2020) e os 200 anos da Independência do Brasil (2022).

“A Casa da Moeda já tem a tecnologia necessária para a produção de moedas como essas. Não é difícil. É uma questão apenas de custo e demanda”, afirmou. “Meu objetivo é que as pessoas olhem para as moedas com carinho”.

Desde 2012, quando criou o projeto, Fagner tem tentado entrar em contato com o Casa da Moeda do Brasil para apresentar a proposta, na expectativa de ver seu trabalho sair do papel, mas, até o momento, só recebeu respostas extraoficiais, nunca um comunicado oficial.

Visando mobilizar o Banco Central do Brasil e a Casa da Moeda, o colega numismata Plínio Pierry, com o apoio de associações numismáticas do Brasil, criou uma petição online para ser enviada em março de 2019 ao Banco Central solicitando mais projetos de moedas e cédulas comemorativas, maior apoio à numismática e emissões regulares de moedas e cédulas comemorativas.

Confira todas as moedas do projeto feito por Fagner:

No projeto de Fagner, cada moeda traria o nome, o mapa e a bandeira do estado, com uma imagem representando um elemento característico local selecionado por ele, além da data de fundação do território. Para completar a coleção, uma moeda extra com a bandeira e mapa nacional. No total, portanto, seriam 28 moedas: 26 estados, o Distrito Federal e uma moeda extra com o mapa do Brasil.

Anverso com o desenho tradicional da atual moeda de R$ 0,25, porém no formato de dez lados

Moeda com a bandeira do Brasil e mapa com divisão territorial dos estados

Passarela estaiada Joaquim Falcão Macedo utilizada para trânsito de pedestres e ciclistas, em Rio Branco, no Acre

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, em Marechal Deodoro, em Alagoas

Globo terrestre com a linha do Equador e o monumento do Marco Zero, em Macapá, no Amapá

Teatro Amazonas, em Manaus, no Amazonas

Elevador Lacerda, em Salvador, na Bahia

Pedra da galinha choca, em Quixadá, no Ceará

Congresso Nacional, em Brasília, no Distrito Federal

Porto de Vitória, em Vitória, no Espírito Santo

Casa de Cora Coralina, na cidade de Goiás Velho, em Goiás

Marco de Centro Geodésico da América do Sul, em Cuiabá, no Mato Grosso

Monumento aos Colonos de Dourados, no Mato Grosso do Sul

Dunas dos lençóis maranhenses, no Maranhão

Matriz de Santo Antônio, em Tiradentes, em Minas Gerais

Mercado Ver-o-Peso, em Belém, no Pará

O Vale dos Dinossauros, onde registra-se a maior incidência de pegadas de dinossauros no mundo, em Sousa, na Paraíba

Três araucárias, árvore símbolo do Paraná

Fachadas de casarios antigos do centro de Recife, em Pernambuco

Pedra Furada, no Parque Nacional Serra da Capivara, no Piauí

Cristo Redentor e Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro

Forte dos Reis Magos, em Natal, no Rio Grande do Norte

Estátua do Laçador, que representa o gaúcho, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul

Três Caixas D’água, também conhecidas como Três Marias, em Porto Velho, em Rondônia

Monte Roraima, uma montanha localizada na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana, em Roraima

Ponte Hercílio Luz, a maior ponte pênsil do Brasil, em Santa Catarina

Monumento às Bandeiras, que homenageia os bandeirantes que desbravaram o interior do país, em São Paulo

Ponte do Imperador, construída em 1859 para receber Dom Pedro II, em Aracaju, em Sergipe

Silhueta de montanhas do Parque Estadual do Jalapão, no Tocantins

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s