Bug no Facebook pode ter exposto as fotos de até 6,8 milhões de usuários

Fonte: Gizmodo

O Facebook vacilou de novo.

Somando-se à crescente lista de controvérsias sobre privacidade nas redes sociais, o Facebook diz que um bug pode ter exposto as fotos de até 6,8 milhões de usuários durante um período de 12 dias em setembro. Durante esse tempo, a empresa diz que aplicativos de terceiros podem ter tido acesso a mais fotos de usuários do que deveriam, incluindo fotos que podem ter sido carregadas no Facebook, mas nunca publicadas.

“Quando alguém dá permissão para que um aplicativo acesse suas fotos no Facebook, normalmente só concedemos acesso às fotos que as pessoas compartilham em sua linha do tempo”, escreveu o diretor de engenharia do Facebook, Tomer Bar, em uma postagem no blog aos desenvolvedores na sexta-feira.

Nesse caso, o bug potencialmente deu aos desenvolvedores acesso a outras fotos, como aquelas compartilhadas no Marketplace ou no Facebook Stories. O bug também impactou fotos que as pessoas carregaram no Facebook, mas escolheram não publicar. Por exemplo, se alguém enviou uma foto no Facebook mas não terminou de publicá-la – talvez por ter perdido a conexão ou por ter entrado em uma reunião – nós armazenamos uma cópia dessa foto para que a pessoa a tenha disponível quando voltar ao aplicativo e para que complete seu post”.

O Facebook disse ao Gizmodo em um e-mail que o incidente resultou de um erro na atualização do código da API de fotos entre os dias 13 e 25 de setembro, e que o bug foi encontrado e corrigido em 25 de setembro.

O Facebook ainda não comentou se as fotos dos Stories no Facebook expiradas foram expostas, embora tenha especificado que nenhuma foto compartilhada pelo Messenger foi afetada. (Vamos atualizar a publicação quando eles nos derem algum posicionamento sobre os Stories).

Em uma nota em seu Centro de Ajuda, a empresa aconselhou os usuários a entrar em todos aplicativos em que compartilhou suas fotos do Facebook para verificar a quais imagens eles têm acesso

Um porta-voz do Facebook disse que está contatando usuários que podem ter sido afetados pelo bug. Ele também está entrando em contato com os 876 desenvolvedores de 1.500 aplicativos que podem ter tido acesso mais amplo às fotos dos usuários para pedir que eles verifiquem e excluam essas imagens – um método testado que não ajudou muito a empresa no passado.

O Facebook disse que, apesar do bug ter acontecido em setembro, só sabemos sobre o incidente agora porque uma investigação sobre quem ele afetou, tanto do lado do usuário final quanto do desenvolvedor, estava em andamento.

“Temos investigado o problema desde que foi descoberto para tentar entender seu impacto para que pudéssemos garantir que estamos contatando os desenvolvedores certos e as pessoas afetadas pelo bug”, disse um porta-voz em uma declaração por e-mail. “Então, demoramos algum tempo para construir uma maneira significativa de notificar as pessoas”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s