Bolsonaro defende reforma trabalhista: ‘É horrível ser patrão no Brasil’

Fonte: Yahoo

Jair Bolsonaro, se posicionou a favor da reforma trabalhista, que entrou em vigor em novembro do ano passado, afirmando que
Jair Bolsonaro, se posicionou a favor da reforma trabalhista, que entrou em vigor em novembro do ano passado, afirmando que “é horrível” ser patrão no país. (Fátima Meira/Futura Press)

O próximo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, se posicionou a favor da reforma trabalhista, que entrou em vigor em novembro do ano passado, afirmando que “é horrível” ser patrão no país.

“Quero cumprimentar quem votou na reforma trabalhista. Devemos aprofundar isso daí. Ninguém mais quer ser patrão no Brasil, é horrível ser patrão no Brasil com essa legislação que está aí. Nós queremos, através do parlamento, mudando as leis, fazer com que nós tenhamos prazer de ver pessoas investindo no Brasil e pessoas dentro do Brasil acreditando no seu potencial”, disse Bolsonaro durante uma reunião com a bancada do MDB.

Reforma criou menos empregos do que o esperado

Dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o Caged, mostram que no primeiro ano, a reforma trabalhista criou menos empregos do que o esperado. A estimativa do governo Temer era de que fossem abertos 2 milhões de novos postos com carteira assinada. Em novembro deste ano, eram apenas 298,3 mil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s