Ativista divulga imagens de cachorro no Carrefour antes de ser morto

Fonte: Yahoo

Imagem do cachorro morto supostamente por um segurança do Carrefour. Foto: Reprodução/Facebook

Luisa Mell, famosa ativista dos animais, foi à Delegacia de Investigações sobre Infrações contra o Meio Ambiente para observar as imagens da câmera de segurança do Carrefour, cedidas pela própria empresa à polícia. Um segurança foi acusado de ter espancado e matado um cachorro que circulava no supermercado em Osasco, região metropolitana de São Paulo

Além de Luisa, estavam no local o político e jurista Fernando Capez, o deputado estadual eleito Bruno Lima e uma representante da ONG Bendita Adoção.

As primeiras imagens exibem uma funcionária alimentando o vira-lata um dia antes de sua morte.

Na segunda imagem, é possível ver o segurança acusado com uma barra de ferro na mão acuando o animal para os fundos do supermercado. Na sequência, o cãozinho aparece em outro quadro sangrando.

No Instagram, Luisa Mell mostrou mais imagens e deu seu depoimento sobre o caso.

O cão foi morto na última quarta-feira (28/11), mas o caso ganhou repercussão nas redes sociais dias depois, quando várias imagens do animal sangrando passaram a circular nas redes sociais.

O cachorro recebeu atendimento do Centro de Controle de Zoonoses de Osasco. Ele foi encaminhado para atendimento emergencial, mas não resistiu. Segundo a administração municipal, o cachorro tinha pressão baixa, vomitava com sangue e tinha escoriações múltiplas.

O Carrefour, que já havia se manifestado, soltou um novo comunicado na noite desta terça-feira (4):

O Carrefour reconhece que um grave problema ocorreu em nossa loja de Osasco. A empresa não vai se eximir de sua responsabilidade. Estamos tristes com a morte desse animal. Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações.

Desde o início da apuração, o funcionário de empresa terceirizada foi afastado. Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos em dar uma resposta a todos. Queremos informar também que estamos recebendo sugestões de várias entidades e ONGS ligadas à causa que vão nos auxiliar na construção de uma nova política para a proteção e defesa dos animais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s