Escassez de militares leva Reino Unido a procurar recrutas em outros países, relata jornal

Fonte: sputnik

O Reino Unido permitirá, pela primeira vez, que pessoas provenientes de outros países prestem serviço no seu Exército, escreve a edição britânica The Times.

Nos últimos três anos, o Exército britânico recrutou menos três mil soldados do que seria necessário, de acordo com o jornal. Além disso, no primeiro trimestre deste ano apenas 7% do número previsto de militares foram convocados ao serviço militar.

Como forma de lidar com a crescente crise associada à escassez de forças militares, o país britânico autorizará que pessoas que nunca viveram no país integrem as suas Forças Armadas.

O Ministério da Defesa britânico também decidiu cancelar a exigência de viver no país por cinco anos para cidadãos da Commonwealth (Comunidade das Nações), incluindo a Austrália, Índia e Canadá, além de pretender recrutar anualmente 1.350 militares de países estrangeiros.

A Marinha Real britânica iniciará o processo de convocação já no início do próximo ano.

Como observado pelo The Times, nos últimos três anos, o Exército britânico recrutou menos três mil soldados do que seria necessário. Durante o primeiro trimestre deste ano, apenas 7% do número exigido de militares foram convocados para o serviço militar.

Mark Francois, deputado do Partido Conservador britânico, comunicou que, segundo os dados apresentados ao Comitê de Defesa, se tudo correr como o esperado, neste ano o Exército atingirá apenas metade da meta de recrutamento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s