Setor portuário privado vai investir R$ 530 milhões em Santa Catarina em 2019

Fonte: CBN

Associação do segmento destaca o crescimento, mas ressalta a necessidade de viabilização de 81 projetos de ferrovias e rodovias para incrementar a infraestrutura

O setor portuário privado vai investir R$ 530 milhões em Santa Catarina em 2019, conforme levantamento feito pela Associação dos Terminais Portuários Privados (ATP). Os investimentos incluem duas instalações de turismo, em Balneário Camboriú, e um terminal para transporte siderúrgico em São Francisco do Sul.

— Nos últimos cinco anos o setor portuário privado investiu R$ 1,8 bilhões em Santa Catarina. Esse investimento é totalmente privado — afirma a diretora da ATP, Luciana Guerise.

Hoje, SC conta com 12 terminais privados, dos quais oito respondem por esse investimentos de R$ 1,8 bilhão. O Estado foi o primeiro a obter a autorização para instalação de um terminal privado no país, o Portonave, em Navegantes. Inaugurado em outubro de 2007, iniciou suas operações para o escoamento da produção das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e de outros países da América do Sul, além da recepção de cargas internacionais, consolidando-se, ainda, como o maior terminal de contêineres da Região Sul e o segundo maior do país, com 11,5% do total nacional.  Ao Norte do Estado, o porto de Itapoá, inaugurado em 2011, dobrou sua capacidade.

A ATP garante que os investimentos seriam ainda maiores se não fosse a falta de infraestrutura logística, principalmente nas malhas ferroviária e rodoviária. Só em Santa Catarina são 71 projetos de pequeno, médio e grande porte, sendo 39 ferroviários e 32 rodoviários, que precisam ser tocados para garantir mais eficiência logística para os transportadores brasileiros.

Estes e outros dados do setor portuário privado estão em debate no 5º Congresso de Desempenho Portuário (Cidesport), realizado pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), entre os dias 30 de outubro e 1 de novembro, no Blue Tree Hotel, em Florianópolis. O evento propõe um encontro entre a comunidade científica e gestores portuários para um debate propositivo sobre o desempenho do setor e o incentivo a adoção de boas práticas para a melhoria de serviços, à luz da realidade do Brasil e de experiências internacionais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s