Homem preso há 12 anos injustamente ganha liberdade após iniciativa de alunos

Fonte: Yahoo

Um homem injustamente condenado à prisão perpétua nos Estados Unidos conseguiu sua liberdade graças ao trabalho de estudantes de jornalismo. A história de Andre Gonzalez, preso há 12 anos acusado de assassinar um homem, está emocionando o mundo.

“O sol e a brisa me pareceram tão maravilhosos, me sinto incrivelmente feliz em poder andar sob uma calçada, um chão que não seja feito de concreto”, disse ao sair da prisão. “Tem sido um longo e duro tempo, de muita luta. É uma sensação maravilhosa agora”, comemorou o norte-americano em entrevista ao Miami Herald.

Gonzalez foi condenado em outubro de 2005 por ter atirado e matado Nigel Whatley durante um assalto fora de uma balada em Miami. Uma vítima sobrevivente do incidente, Michael Morris identificou Andre como o assaltante que o baleou e matou o outro homem.

Em seu depoimento, Morris afirmou que tinha apenas 60% de certeza de que Gonzalez era de fato o autor do crime. Segundo a defesa do réu, os detetives responsáveis pelo caso manipularam as provas durante a confissão de Morris para incriminar Gonzalez. A namorada de Gonzalez também testemunhou, afirmando que estava com o homem dentro da balada no momento do crime, mas não conseguiu reverter a sentença.

A justiça veio somente neste ano. Estudantes de jornalismo da Universidade de Northwestern entrevistaram um preso chamado Arnold Clark, que admitiu que Gonzalez não era o assassino, e sim seu amigo, um DJ que trabalhava no local na noite do assassinato. O homem afirmou que tinha se recusado a depor por medo de sofrer represálias do criminoso.

Diante dos novos fatos, o juiz do caso concordou com a apelação da defesa em setembro e determinou que a condenação de Gonzalez fosse revertida. Após um novo julgamento, o homem foi inocentado.

“Ele apresentou provas credíveis e admissíveis, demonstrando que os crimes de que foi condenado podem muito bem ter sido cometidos por outro”, disse o juiz em sua ordem. Gonzales pôde, enfim, se reunir novamente com sua noiva e seus quatro filhos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s