Museu Nacional, crônica vergonhosa de uma morte anunciada!

Por Osvaldo Matos de Melo Júnior*

Ainda não se sabe quais peças do acervo Museu Nacional resistiram às chamas

Há anos, os diversos governos são avisados das péssimas condições que o Museu Nacional, aquele que muitos chamam de Museu da Civilização Brasileira, onde grande parte da nossa história estava depositada sem a menor condição de segurança. Esses alertas parecem soar como apito de cachorro nos ouvidos negligentes dos governantes que renegaram a importância desse patrimônio público e das suas milhões de peças para nossas gerações.Resultado de imagem para Museu Nacional
As chamas transmitidas ao vivo pela imprensa ontem à noite eram apenas a confirmação das previsões de quem lá trabalhava e dos que visitaram recentemente aquele belo Palácio, tão importante para nossa identidade nacional. O último presidente a visitar e se importar com o nosso Museu Nacional, foi Juscelino, daí vocês entendam como o nosso patrimônio é sucateado e esquecido por esses monstros criminosos de lesa-pátria.
O que resta ao Brasil diante de tão absurda e verdadeira prova da falta de respeito ao maior patrimônio do seu povo? Como podemos nos comportar com governantes imorais, nojentos, sem pudor, insensíveis e assassinos da nossa cultura? Parece-me que eles acham pouco matar milhões de brasileiros com a incompetência em gerir os recursos públicos e ao permitirem os maiores patamares da corrupção no mundo. Agora, deixam bem claro que nada importa, nem mesmo a preservação dos nossos valores e conquistas, mas apenas suas habilidades em roubar, sacanear, humilhar, escravizar e violentar toda uma Nação, conduzida há anos com a venda de favores, compra de votos e total incapacidade de gestão.Resultado de imagem para Museu Nacional
Os corações dos brasileiros de bem estão queimando e os nossos olhos lacrimejando com mais essa violência cometida por esses inimigos do Brasil. Por isso, precisamos, mais do que nunca, pesquisar, pensar, ter muita responsabilidade sobre a gravidade do momento em que vivemos. Precisamos lembrar que estamos caminhando para um abismo negro cada dia maior e mais difícil de superar.
Vamos dar um basta nisso, votar com consciência e afastar esses nefastos que tanto mal fizeram e estão fazendo à nossa grande e rica Nação Brasileira!

* Osvaldo Matos de Melo Júnior Pernambucano – Publicitário, Sociólogo e Especialista em Marketing e Comércio Exterior. Pesquisador de Segurança e Defesa, há 30 anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s