Série de ataques criminosos chega ao 3º dia com 14 ônibus incendiados na Grande Fortaleza

Fonte: G1

Mais dois ônibus foram incendiados na noite deste domingo em Fortaleza e Caucaia. Oito prédios público foram atacados.

Ônibus foi incendiado por criminosos na noite deste domingo (29), em Caucaia. 14 veículos já foram incendiados.  (Foto: PRF/Reprodução)

Ônibus foi incendiado por criminosos na noite deste domingo (29), em Caucaia. 14 veículos já foram incendiados. (Foto: PRF/Reprodução)

Mais dois ônibus foram incendiados na noite deste domingo (29) nos bairros Bonsucesso, em Fortaleza, e Sítios Novos, na cidade de Caucaia, Região Metropolitana da capital. O prédio da Secretaria da Fazenda (Sefaz) de Caucaia também foi atingido com tiros durante a noite. No total, 14 ônibus e oito prédios públicos foram atacados por criminosos de sexta-feira (27) até este domingo.

Conforme o secretário da Segurança Pública do Ceará, delegado André Costa, a sequência de ataques ocorridos no estado aconteceu em represália às mortes de três criminosos em troca de tiros contra a Polícia Militar, ocorridas no município de Amontada, na quinta-feira (26). Três suspeitos de participar dos atentados foram presos.

Os ataques mais recentes ocorreram por volta das 20h30. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do ônibus de Caucaia foi abordado por homens que estavam em um carro. Os suspeitos ordenaram que os ocupantes deixassem o veículo e atearam fogo. Os criminosos ainda dispararam contra o coletivo e depois fugiram.

Segundo a polícia, esse mesmo grupo atirou contra o posto de fiscalização da Sefaz, na rodovia BR-222. As marcas dos disparos ficaram na fachada do prédio. Ninguém ficou ferido.

Já no Bairro Bonsucesso, na capital cearense, homens abordaram o veículo do transporte público na Avenida Vital Brasil. Os suspeitos também orderam a saída do motorista e dos passageiros e queimaram o ônibus.

14 ônibus foram destruídos em ataques incendiários em dois dias na Grande Fortaleza (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

14 ônibus foram destruídos em ataques incendiários em dois dias na Grande Fortaleza (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Onda de violência

Além dos veículos do transporte público, criminosos também atacaram, pelo menos, oito prédios públicos, como o prédio da Sefaz, delegacia e agências bancárias. A série de ataques causou medo na população e também prejudicou o transporte público. Cinco linhas que tiveram ônibus queimados não estão operaram no fim de semana.

Veja os ataques ocorridos desde sexta-feira:

  • 14 ônibus foram atacados por criminosos em Fortaleza e cidades da Região Metropolitana;
  • Uma agência bancária foi incendiada na Avenida Washington Soares, na capital;
  • Disparos de arma de fogo na agência dos Correios no Bairro Jacarecanga;
  • Veículos destruídos por bomba incendiária no prédio do Detran do Bairro São Gerardo;
  • Criminosos atiram contra a sede da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, em Fortaleza;
  • Coquetéis molotov arremessados na Regional IV, no Bairro Serrinha; o fogo não se alastrou pelo prédio;
  • Delegacia de Chorozinho foi atingida por disparos de arma de fogo;
  • Coquetel molotov arremessado contra uma agência bancária, no Carlito Pamplona;
  • Mais de 150 motocicletas incendiadas no pátio do Detran em Fortaleza.

Presos em flagrante

Três homens foram presos por em flagrante por relação com os atos de vandalismo em Fortaleza. Outras sete pessoas foram capturadas, mas liberadas posteriormente por falta de provas para que fossem mantidas as prisões.

Dos três, um deles é suspeito de ser um dos articuladores das ocorrências registradas na Capital e Região Metropolitana foi preso: Gean Patrick Aguiar Lima, de 19 anos, com passagens pela Polícia por porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa, foi capturado com um galão de gasolina no Bairro Vila Ellery, em Fortaleza.

Em um primeiro momento, dois investigados por envolvimento nas ocorrências foram presos. Pedro Henrique Mesquita de Sousa, de 27 anos, foi localizado em sua residência, no bairro Cristo Redentor. Ele estava no regime semi-aberto e, em sua casa, foi apreendida uma arma de fogo calibre 12 de fabricação artesanal. O outro foi preso quando infringia o perímetro permitido pelo uso de tornozeleira eletrônica, no Bairro Sapiranga. Ele já responde criminalmente roubo.

Policiamento reforçado

A polícia reforçou a segurança nos terminais de ônibus e em algumas linhas do transporte público para evitar novos ataques. A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) informou que a operação dos ônibus está garantida e não deve sofrer alterações nesta segunda-feira (30).

A Secretaria da Segurança comunicou que as investigações seguem em curso, com o objetivo de capturar outros suspeitos, que já foram identificados por participarem das ocorrências. O policiamento ostensivo continua reforçado em Fortaleza e Região Metropolitana e um helicóptero dá apoio às ações policiais no combate e prevenção aos crimes. A Polícia Civil segue investigando a motivação e autoria dos delitos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s