Quando os filhos amam o digital!

Resultado de imagem para crianças digitais

O poder dos equipamentos digitais, em especial do celular e do videogame, é tão ofensivo que chega a fundir a cabeça dos pais mais antenados do momento. Quando falo pais, estou me referindo aos que realmente amam seus filhos e dedicam o maior tempo das suas vidas para oferecer atenção, cuidados, dedicação, supervisão e manutenção das suas crias.
Existe algo de podre no reino dos games e celulares! Será que eles sãos instrumentos de uma nova ordem mundial de alienação e desprezo dos valores mais caros que uma civilização pode ter ou é simplesmente o fato dos jovens realmente terem sido abduzidos por ondas magnéticas de hipnose geral que fazem que o organismo dessas criaturas tão amadas produzam um hormônio desconhecido pela ciência que os transformam em verdadeiros zumbis digitais?KKKKKKK.

Imagem relacionada

Todos passam pela juventude, experimentam novas tecnologias, uns até usam drogas licitas e ilícitas, mas alguém com mais de 30, lembra de tão devastadora falta de atenção e vontade de curtir bons momentos em família? Será que nós somos verdadeiros fracassados na arte de fazer com o que nossos filhos nos vejam como algo muito menos interessante que passar horas e horas no celular ou nos games? Será que o nível de dependência e contágio são tão grandes que todas as outras percepções dos nossos filhos, (zumbis digitais), simplesmente foram corrompidas e anuladas pela fusão dos cérebros, sentimentos e almas dessas criaturas que tanto amamos e que mesmo pedindo pela atenção e mostrando o quanto essa situação tem efeitos deletérios para suas vidas, mas mesmo assim eles escutam e parecem não entender o verdadeiro significado da mensagem.
Os mais antigos chegam a dizer que é coisa do capeta,(kkkkkk) outros que filhos só sabem o valor e amor dos pais depois que são pais e se deparam com a mesma situação.
Convencionou-se falar aos quatros cantos que a culpa sempre é dos pais que não entendem os seus filhos,ou será que os filhos são os grandes vilões, quando menosprezam aqueles que escolheram, entre tantas possibilidades, oferecer o melhor das suas vidas para eles?

Fica a pergunta: até onde isso chegará?

Osvaldo Matos de Melo Júnior Pernambucano – Publicitário, Sociólogo e Especialista em Marketing e Comércio Exterior. Pesquisador de Segurança e Defesa, há 30 anos.

Publicidade:

02

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s