Polícia Federal faz operação contra roubos de carga em AL e mais cinco estados

Fonte: G1

Segundo a PF, motoristas de caminhões simulavam sequestros para desviar mercadorias. Prejuízo estimado em roubo de carga é de R$ 8,6 milhões.
PF faz operação contra roubos de carga em AL e mais cinco estados

PF faz operação contra roubos de carga em AL e mais cinco estados

Ao menos 26 pessoas foram presas nesta terça-feira (17) pela Polícia Federal durante uma operação contra suspeitos de roubos de carga em Alagoas e mais cinco estados. A operação denominada Transbordo cumpre 173 mandados judiciais expedidos pela 17ª Vara Criminal de Maceió. Estima-se que a organização criminosa tenha causado um prejuízo superior a R$ 8,6 milhões, só em relação a roubo de cargas e caminhões.

A operação ocorre em Maceió, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará e Pernambuco. Segundo a PF, 5 pessoas foram presas em Alagoas. Em São Paulo, sete pessoas foram presas e armas, veículos e dinheiro foram apreendidos.

Ao todo são cumpridos 64 mandados de prisão e 106 de busca e apreensão, a maioria deles em São Paulo. Além disso, a Justiça expediu três mandados de interdição de empresas envolvidas em receptação de mercadorias roubadas, na cidade de São Miguel dos Campos, Litoral Sul de Alagoas.

Material apreendido durante a operação contra roubo de carga (Foto: Divulgação)

Material apreendido durante a operação contra roubo de carga (Foto: Divulgação)

 

Segundo a PF, a operação visa desarticular uma organização criminosa envolvida em crimes de furto e receptação de cargas e caminhões em diversos estados do Nordeste e Sudeste, valendo-se de falsas comunicações de crimes de roubo, além de adulteração de veículos, golpes em seguradoras e outros delitos.

A organização criminosa contava com a participação dos motoristas dos caminhões, que simulavam terem sido sequestrados por assaltantes, enquanto outros integrantes realizavam a desativação dos dispositivos de segurança do caminhão e a subtração da carga. Depois disso, o motorista ia até a polícia para registrar a falsa comunicação do crime.

Segundo as investigações, a organização criminosa não tinha um tipo de mercadoria preferencial como alvo. Eles atuavam em qualquer frente, desde que fosse mercadoria (têxtil, eletrônicos, alimentos etc).

A investigação foi realizada pela Superintendência da Polícia Federal em Alagoas, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Material apreendido durante a operação da Polícia Federal contra roubo de carga (Foto: Divulgação)

Material apreendido durante a operação da Polícia Federal contra roubo de carga (Foto: Divulgação)

Caminhão apreendido é levado para a sede da PF (Foto: Ascom/PF)

Caminhão apreendido é levado para a sede da PF (Foto: Ascom/PF)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s