A PM sangra e o povo clama!

Por Osvaldo Matos de Melo Júnior

Captura de Tela 2018-06-18 às 16.48.54.png

O povo clama por seus filhos desprotegidos e alvos fáceis dos traficantes, homicidas, ladrões, estupradores, psicopatas, pedófilos, violentadores, maloqueiros, terroristas e aliciadores.

A PM sangra com a falta de boas condições de trabalho, baixa remuneração e falta de bom treinamento e reciclagens periódicas.

O povo clama por mais viaturas nas ruas abordando, fazendo prevenção, revistando carros, pessoas, prendendo malas e dando trabalho aos bandidos e traficantes.

A PM sangra com viaturas quebradas, com aluguel caro, pneus carecas, rádio quebrado e que não aguentam tiro, pois não são blindadas nem nos vidros.

O povo clama por policiais mais combativos, que não fiquem no celular o tempo todo, que sejam proibidos de usar o zap ou a internet durante o serviço, que fiquem alertas e façam o policiamento pró ativo visando oferecer a melhor segurança pública ao nosso povo.

A PM sangra com coletes vencidos, capas desarmonizadas e com cor que contrasta com o uniforme e ajuda a mira dos malas. Coletes de uso geral, grandes, ( porque são mais caros),onde deveria ser individual, da cor do uniforme e do tamanho correto para cada policial usar de forma confortável e segura.

O povo clama por uma polícia bem uniformizada, padronizada com o que existe de melhor no mundo civilizado, sem preconceito, que tratem todos os cidadãos de bem com educação e respeito, que não seja corrupta, nem aceite qualquer tipo de suborno.

A PM sangra com concursos mal feitos, que não escolhem os mais vocacionados, prontos para nobre missão de serem militares e policiais, sangra com os que não respeitam e amam a instituição, suas normas, hierarquia, disciplina e os valores dos grandes heróis que morreram defendendo a história da PMPE e a sociedade.

O povo clama por uma PM liderada por comandantes, oficiais e graduados experientes, vocacionados, que pensem na instituição e não em si apenas. Por líderes que orientem, motivem, disciplinem, apoiem os corretos, puna os incorretos que sejam exemplo e tenham honra e caráter.

A PM sangra com comandantes, oficiais e graduados desmotivados, interessados apenas nas suas vantagens, covardes, que não seguram nada, que não estudam as ciências policiais, que se satisfazem com pouco, que aceitam esmolas e não lutam pela sua classe, permitindo o surgimento de quebra de hierarquia, movimentos fora da lei, que detonam a instituição, que desfiguram os pilares policiais militares e que deixam surgir pessoas sem a devida capacidade, liderança responsável e que apenas querem os prazeres de mandatos eleitorais, na maioria das vezes inconsistentes, incoerentes e inconscientes.

O povo clama por policiais prontos para o bom serviço, com horário para lazer, estudo e vida familiar, pois é fundamental que nossos PMs estejam prontos de verdade para o serviço.

A PM sangra com o jornadas extras, com uma quantidade imensa de policiais com depressão, síndrome de pânico, alcoólatras, suicidas e viciados sem o devido acompanhamento, com os bicos que mantam e mutilam, com a falta de tempo para família, pela quase inexistência de lazer e relaxamento. A PM Sangra muito com baixos salários, com a falta de reconhecimento dos governantes e o preconceito de grande parte da sociedade. A PM sangra quando um coronel que fez duas graduações, 1 pós e um mestrado no mínimo e termina sua vida ganhando o que um delegado em inicio de carreira ganha.

O povo clama por um policia eficaz, que trate da segurança de forma profissional, que estude, que conheça e troque experiências com policias mais desenvolvidas, que use os aparatos e equipamentos que a tecnologia oferece, que exista uma forma dos PMs mais dedicados e operacionais ganhem mais e sejam promovidos na frente dos menos interessados.

A PM sangra com praças e oficiais que não amam a instituição, que desejam quebrar a base de sustentação da instituição que é hierarquia, disciplina e suas tradições seculares. Ser PM é um ato voluntário, se entra sabendo das suas regras e do sistema diferenciado que serve para proteger o PM e sua família, mesmo em momentos de crise. Quebrar isso é suicídio para os seus membros e toda sociedade.

O povo clama por policiais saudáveis, fortes, inteligentes, bem armados e treinados.

A PM sangra sem munição suficiente para o serviço, com quartéis caindo aos pedaços e com verbas de manutenção menores que uma residência de classe média baixa. A PM sangra com uma formação básica sem estrutura, com pouca carga horária, sem reciclagem, sem formação continuada eficaz, com promoções politicas, com remoções sem lógica, com a falta de respeito aos bons profissionais, sem conseguir punir direito os maus policiais que usam de artimanhas para se manter na instituição, mesmo depois de expulsos.

A PM Sangra e o povo chora com seus filhos mortos, feridos e traumatizados eles sãos PMs, PCs, PRFs, Bombeiros, PFs, Guardas, bandidos, traficantes, homens, mulheres, jovens, crianças e idosos vitimas da falta de respeito e gestões comprometidas em resolver de forma correta o que abala toda Nação e nos coloca como o país mais violento do mundo.

 

Osvaldo Matos de Melo Júnior Pernambucano – Publicitário, Sociólogo e Especialista em Marketing e Comércio Exterior. Pesquisador de Segurança e Defesa, há 30 anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s