Como trabalhar na Interpol?

 

 

interpol

 

Muita gente já ouviu falar da Interpol, mas poucas pessoas sabem como realmente ela funciona, e o que é preciso para trabalhar lá.

A Interpol é a polícia que trata de crimes internacionais, ela é uma central de informações para que as polícias de vários países possam trabalhar de forma integrada para resolver crimes internacionais.

Para que a Interpol se envolva em uma investigação é preciso que o crime envolva mais de um país membro.

A representante brasileira da Interpol é a polícia federal. Os funcionários da Interpol trabalham na divulgação de informação criminal internacional e cooperam em investigações internacionais, na busca de foragidos da polícia de outros países que se encontrem no Brasil.

Se, por exemplo, um criminoso foge do Brasil para outro país, o nome dele é incluído na lista de procurados.

Se a polícia de outro país localiza o criminoso, o escritório brasileiro da Interpol pode pedir a prisão, e então ele é extraditado.

A Interpol tem um grande banco de dados, possuem impressões digitais, amostras de DNA, passaportes perdidos e roubados e lista de pessoas procuradas.

Há também uma área de inteligência para a busca de informações, coordenação de operações policiais, e busca por informações de investigações já iniciada em outros países.

Os principais crimes tratados por essa organização são: terrorismo, abuso sexual e pornografia infantil, crime organizado, roubo de identidade e informações financeiras, tráfico humano e de drogas.

A tomada de decisões na Interpol é feita em uma assembleia geral, que acontece uma vez por ano.

Essa assembleia é composta por delegados de cada país membro, e possui um secretário geral, escolhido por votação, que fica encarregado de executar as decisões tomadas pelos membros das assembleia.

Como trabalhar na Interpol?

É importante dizer, que apesar da representante da Interpol no Brasil ser a Polícia Federal, a Interpol tem seu próprio processo seletivo, que não é por meio de concurso, e sim por abertura de vagas.

Se você prestar concurso para a Polícia Federal irá desempenhar outras atividades que não são relacionadas a Interpol.

Saiba mais sobre o processo seletivo abaixo.

Na Interpol há várias áreas de trabalho, e contrata-se os mais diversos profissionais, as principais áreas são:

Processar informação criminal;

Análise criminal;

Serviços linguísticos (Árabe, Inglês, Francês e Espanhol);

Departamento Jurídico;

T.I (sistemas, desenvolvimento);

Secretariado e área administrativa;

Outras áreas de apoio e suporte (serviços gerais, recursos humanos, finanças e tesouraria, segurança, documentação, etc).

Para trabalhar nessa organização é preciso que tenha uma vaga em aberto. Os requisitos variam de vaga para vaga. Mas é preciso que o candidato fale uma das línguas oficiais da Interpol (Árabe, Inglês, Frances, e Espanhol).

No processo seletivo os candidatos passam por testes psicotécnicos e de personalidade.

A Interpol só aceita candidatura e divulga vagas no seu site oficial. Para saber quais vagas estão abertas, e o que é pedido para cada uma delas, você deve acessar o site da Interpol:

http://www.interpol.int/Recruitment

Neste link há informações sobre o processo de contratação. Se clicar em current vaccancies, irá aparecer uma lista de vagas que estão em aberto e conhecimentos, habilidades e experiências requeridas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s